» Aposentadoria Especial

Aposentadoria Especial

Ayres Monteiro Escritorio Advocacia Direito Civil Trabalhista Criminal Acoes Judiciais Aposentadoria Especial

A melhor aposentadoria possível. Um Direito de todo trabalhador que exerce atividade insalubre ou perigosa. Leia mais e fique por dentro! Muitos cidadãos brasileiros trabalham em condições que podem lhe prejudicar a saúde e até mesmo lhe colocar em algum grau de risco de vida.

Estes trabalhadores exercem função importante no país, pois são trabalhos de risco mas que precisam ser realizados por alguém, é uma forma que se encontrou para recompensar estas pessoas oferecendo-lhes uma aposentadoria especial – uma aposentadoria antecipada, diferente dos trabalhadores comuns.

O INSS costuma indevidamente negar tal benefício violando direitos constitucionais do Trabalhador. Porém para ter direito a aposentadoria especial é necessário que trabalhador desenvolva 15, 20 ou 25 anos de atividade considerada nociva a saúde. Considera-se atividade insalubre aquela na qual o trabalhador fica exposto a agentes nocivos a saúde acima dos limites de tolerância fixados em razão da natureza e intensidade do agente e do tempo de exposição, como por exemplo ruído, produtos químicos, calor, etc… geralmente existente na maioria das Fábricas, Industrias e muitas empresas.

Já as atividades periculosas são aquelas em que o trabalhador fica em contato permanente com inflamáveis ou explosivos em situações de risco acentuado, como frentistas, eletricistas, mineiros, etc…

Lamentavelmente, o INSS quase sempre indefere os pedidos de Aposentadoria Especial no âmbito administrativo prejudicando em muito o trabalhador, no entanto, todos podem e devem propor ação judicial visando a concessão de tal benefício especial, aposentando-se com até 10 anos de antecipação, sem limite de idade e o melhor sem que haja a aplicação do malfadado Fator Previdenciário, cuja fórmula prejudica o trabalhador reduzindo sua renda em mais de 40% na maioria das vezes.

Com Aposentadoria Especial o trabalhador recebe 100% da média salarial sem qualquer redução em sua renda mensal.

Mais informações clique aqui