Dois Corações derrota Três Corações e pode continuar usando sua marca

Em uma disputa envolvendo cafés, coxinhas e corações, ganhou uma empresa paranaense.

A Confeitaria Dois Corações – que tem seis unidades no Centro de Curitiba e neste ano recebeu o título de melhor coxinha da cidade no Prêmio Bom Gourmet – derrotou na Justiça a fabricante de café Três Corações, de Minas Gerais. E ganhou, assim, o direito de continuar usando sua marca.

A decisão, do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF4), em Porto Alegre, é da semana passada, mas foi divulgada nesta terça-feira (6).

Criada em 1992, a lanchonete curitibana tinha registro de marca no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi) desde 2001. Mas, a pedido da Três Corações, que alegou ter sido imitada, o Inpi instaurou em 2009 um processo administrativo de nulidade do registro.

A Dois Corações, então, entrou na Justiça solicitando a suspensão desse ato do Inpi, questionando a falta de clareza nas razões para a nulidade do registro. A empresa paranaense foi atendida em primeira instância. A Três Corações e o Inpi recorreram, mas o TRF4 manteve a sentença inicial.

Saiba mais